domingo, 18 de maio de 2008

Não consigo aceitar a realidade...
Não aceito como sou...

Não estou contente comigo...

Queria fugir e ter paz...

Sou perseguida por monstros, por demónios...

Onde está a paz...onde esta a alegria de aceitar as coisas como são...

Tento ser diferente...tento dar paz à minha mente, ao meu corpo...

Sou escrava de mim mesma...sou rigorosa...
Não queria ser assim...mas, não consigo ser diferente...

2 comentários:

Joana Baptista disse...

Amiga, aceita-te como és porque és linda (por fora e, especialmente, por dentro)! ADORO-TE!

TANIA disse...

Obrigado por seres minha AMIGA
Também te adoro...
BJS